RESPOSTA:

Nunca pisava na bola com as travas da chuteira. Dizia que a bola era uma menina que precisava ser tratada com amor. (Didi)