Curiosidades Histórias do Brasil Musica

Nosso festival roqueiro juntou cinco Woodstocks

Quase um milhão e meio de pessoas, o equivalente a cinco vezes o público do festival de Woodstock, nos Estados Unidos, enfiou os pés na lama na primeira edição do Rock in Rio, de 11 a 20 de janeiro de 1985.

Apesar do barro, a estrutura destoava daquela do famoso festival hippie – até shopping center tinha na Cidade do Rock, construída para o evento na capital fluminense. No maior palco do mundo na época, foram anunciadas as 15 atrações da cena brazuca e 14 internacionais de peso, como Queen, AC/DC, Iron Maiden e Ozzy Osbourne.

A tribo dos metaleiros brasileiros teve seu nome cunhado na ocasião, pela contração de “metaller” e “roqueiro”. Eles não foram lá muito gentis com os artistas nacionais, mas Paralamas do Sucesso e Barão Vermelho, pelo menos, consagraram-se. Cazuza enrolou-se na bandeira nacional: “Que o dia nasça feliz pra todo mundo”. Tancredo Neves acabava de ser escolhido o primeiro presidente civil depois de um longo período de ditadura militar. Hoje nosso festival continua um dos maiores do planeta, arrastando multidões.