Caçada à aliança no Maracanã

“Perdi a minha aliança!”, gritou Didi. Às vésperas da Copa do Mundo de 1958, o meio-campista parou o treino da seleção canarinho para procurar seu anel de casamento. Os colegas não conseguiram demovê-lo. Acabaram também ajoelhados no gramado do Maracanã até anoitecer, como se vê na foto ao lado. E nada de encontrar aliança. No dia seguinte, a bela Guiomar procurou o marido no hotel. Tinha visto nos jornais a imagem da seleção de quatro, e se comoveu, para o bem do turbulento casamento: “Não se preocupe, compramos outra mais bonita”, contemporizou. Mas não faltou quem acreditasse que Didi havia armado aquela cena toda só para justificar a perda da joia em alguma situação suspeita.