Banner
Papa diz: "sou gaúcho, carioca, baiano..." E-mail
Escrito por Danilo Ribeiro Gallucci   

João Paulo 2º visitou o Brasil três vezes e chegou a juntar mais de duas milhões de pessoas. Emocionadas, algumas deixaram as lágrimas rolarem.

O papa João Paulo 2º devia gostar do Brasil. Até o começo de seu pontificado, não havia santos nem beatos brasileiros. Por causa dele, só de beatos temos mais de 30. Visitou o Brasil três vezes.

Em 1980, roda por 13 cidades em 12 dias. Volta em 1991 e beatifica a primeira brasileira, madre Paulina. Na última vez, vai ao Rio de Janeiro para o 2º Encontro Mundial do Papa com as Famílias. No discurso, críticas ao uso de contraceptivos, divórcio e aborto. Gera polêmica num país com elevada natalidade e numerosos casos de Aids entre os pobres.

Em 5 de outubro de 1997 celebra importante missa. Emociona-se quando um coro de duas milhões de vozes entoa o refrão de Jesus Cristo, comandado por Roberto Carlos. Lágrimas surgem em seus olhos. Abençoa a multidão e diz: "Se Deus é brasileiro, o papa é carioca. Em Porto Alegre dizem que é gaúcho, na Bahia que é baiano..."
papa
 

Adicionar comentário

Seus comentários serão moderados e assim que aprovados serão publicados no site.