Banner
Passagem do Jahú inspirou nosso primeiro piloto comercial E-mail
Escrito por Natália Pesciotta   

Severiano foi também o primeiro brasileiro a conduzir aviões comerciais na Europa.

Em 1927, o paulista João Ribeiro de Barros foi o primeiro a atravessar o Atlântico Sul pelos ares, sem escalas. Nas paradas que seu hidroavião Jahú fez em seguida, no Nordeste brasileiro, foi recebido pela população com euforia. No Recife, deixou um jovem ainda mais animado que os demais. Severiano Lins decidiu que seria aviador.

A carreira do pernambucano começou com uma viagem de navio. Aos 26 anos, embarcou no porto do Recife para estudar no Rio de Janeiro. Tempos depois, outra viagem, agora de Cuiabá a Corumbá, no Mato Grosso, fez dele o primeiro brasileiro a pilotar um voo comercial no País. Era 3 de maio de 1931. A Condor, nossa primeira empresa aérea, já trabalhava com transporte de passageiros há quatro anos, mas sempre com comandantes estrangeiros.

Severiano foi também o primeiro brasileiro a conduzir aviões comerciais na Europa. Não à toa tem seu busto em bronze no Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife. Duas ruas do estado também levam seu nome – uma na capital e outra em Palmares.

SAIBA MAIS

Voar – Histórias da aviação e do paraquedismo civil brasileiro, de João Ricardo Penteado (Senac São Paulo, 2001).
 

Adicionar comentário

Seus comentários serão moderados e assim que aprovados serão publicados no site.