Banner
Geisel determinou que o Rio voltasse a ser do Rio E-mail
Escrito por Bruno Hoffmann   

O estado da Guanabara foi criado como solução na mudança de capital.

A mudança da capital brasileira do Rio de Janeiro para Brasília em 1960 criou um clima de insatisfação entre a elite carioca. Afinal, representava uma natural perda de poder político. A solução encontrada foi a criação do estado da Guanabara – o equivalente hoje à cidade do Rio –, com autonomia em relação ao estado do Rio de Janeiro, inclusive com governador próprio.

E assim foi até o começo da década de 1970, quando o presidente Ernesto Geisel propôs fundir os dois estados. Os críticos diziam que a medida visava diminuir a força política da Guanabara – o único estado do País governado pelo MDB, partido de oposição à ditadura. A proposta também feria a Constituição, que determinava consulta popular para mudanças de tal ordem. Mas não houve jeito. Em 1º de julho de 1974, Geisel assinou o decreto que tornou a cidade do Rio novamente capital do estado do Rio.

Até hoje há quem queira a volta da Guanabara. Em 2004, um político lançou o movimento Autonomia Carioca, pela recriação do estado. Em 2008, cidadãos lançaram O Rio Decide, com o mesmo intuito. As propostas, como se sabe, não tiveram sucesso. Pelo menos por enquanto.


SAIBA MAIS

Confira outras informações sobre o episódio.
 

Adicionar comentário

Seus comentários serão moderados e assim que aprovados serão publicados no site.