A Revista | Assine já! | Edições Anteriores | Expediente | Contatos
:: Seções
:: Busca

Procure pelo site:


Todas as palavras
Qualquer palavra
Frase inteira

Apoio cultural:

109 - Maio de 2008

Ela se autodenominava uma mestiça terrível. Era mistura de brasileiro, espanhol e paraguaio. Foi a primeira grande cantora de sambas e a responsável pela propagação da mulata como tema na música brasileira. Quando estreou no teatro de revista, nos anos 1920, sua beleza e requebrado deixaram boquiabertos os marmanjos. E a Linda Flor ainda por cima provocava: Com meu cheiro de canela / Minha cor de sapoti, / Dizem todos: / Lá vem ela! / O demônio da Araci (Graça de Araci, de Ary Barroso, 1929). A foto ao lado foi feita em 1924. Dá para imaginar o escândalo que causou? Certamente contribuiu para que Araci Cortes tenha entrado para a história como a mais provocadora, sensual e importante vedete que o teatro de revista brasileiro já teve.

:: Novidades


Fique sabendo das atualizações do site e das novas edições da revista Almanaque Brasil. Digite seu e-mail aqui:


:: Enquete