Banner
Será que um dia vamos entender o mulato que era racista? E-mail
Escrito por Janaina Abreu   

Nina Rodrigues é considerado o Pai da Medicina Legal.

Dia seguinte à tomada do Arraial de Canudos, em 1897. A cabeça de Antônio Conselheiro é levada a Salvador para o professor Nina Rodrigues examinar. Ele acreditava que loucos e criminosos apresentavam traços de seus desvios no crânio.

Raimundo Nina Rodrigues nasceu no Maranhão, em 4 de dezembro de 1862. Etnólogo, criminalista e sociólogo, é considerado o Pai da Medicina Legal, fundador da antropologia criminal no Brasil e pioneiro nos estudos das etnias de origem africana.

Doutrinador racista, era mulato e, apesar de suas considerações sobre a inferioridade dos negros e mestiços, tomava posição contra a violência aplicada a eles. Nina Rodrigues não encontrou traço de insânia no crânio de Conselheiro. Guardado na Faculdade de Medicina da Bahia, em 1905 um incêndio destruiu o crânio e outras peças. Nina morreu no ano seguinte, em Paris.

Dizia: "Só podemos falar de um povo brasileiro do ponto de vista político. Do ponto de vista sociológico e antropológico, muito tempo se passará antes de podermos considerar unificada a população do Brasil."
 

Adicionar comentário

Seus comentários serão moderados e assim que aprovados serão publicados no site.