Banner
Toque natalino de Pixinguinha arrasou Jacob do Bandolim E-mail
Escrito por Natália Pesciotta   

"Pixinguinha tocou com tanto sofrimento, que tive um choque emotivo."

Natal nunca foi dia de folga para quem trabalha no rádio. Na Transmissora, nos anos 1930, não era diferente. Em uma noite natalina, o apresentador seguia com o programa quando recebeu um telefonema: uma ouvinte pedia que Pixinguinha, então flautista e arranjador da emissora, tocasse uma música em homenagem a um filho que tinha morrido naquele ano.

Jacob do Bandolim foi atrás do companheiro e, sem surpresa, o encontrou dormindo no canto de um salão ao lado, depois de beber umas e outras.

“Pixinguinha tocou com tanto sofrimento, que tive um choque emotivo. Fui carregado para a casa do diretor da rádio e depois fiquei acamado por vários dias”, contou mais tarde o bandolinista.
 

Adicionar comentário

Seus comentários serão moderados e assim que aprovados serão publicados no site.