Reta final

{março de 2004}

Há quase dez anos, os irmãos Rolim decidiram reunir, em museu, clássicos da aviação. Um desafio foi formar acervo com aeronaves restauradas e prontas para voar novamente.

Futura sede do Museu Asas de Um Sonho

O país natal de Santos Dumont ganhará em 2005 o primeiro grande museu aeronáutico privado.
O Museu Asas de Um Sonho, projeto da Eductam, fundação ligada à TAM, é antigo sonho do comandante Rolim e do irmão, João Francisco Amaro. Em 1996, entusiasmados com a restauração de um monomotor Cessna 195, compraram e recuperaram outras aeronaves clássicas. Formaram pequena coleção. Decidiram reunir em museu, com um desafio: ter a maioria das aeronaves em condições de vôo.
A TAM vem ampliando a coleção com apoio de empresas internacionais e amigos que doam desde aeronaves até materiais históricos. O restauro acontece nas oficinas do futuro museu com o apoio do corpo de engenheiros da TAM. O acervo conta com mais de 50 aviões, construídos entre 1920 e 1960. Militares; de treinamento, turismo, acrobacia; comerciais mono, bi e quadrimotores. Preciosidades como o polonês RWD-13, um dos dois únicos exemplares no mundo e o único que está voando – o outro está num museu da Polônia; ou o americano Curtiss Robin C-2, fabricado em 1928, mais antigo avião voando no Brasil.
A TAM constrói a sede do Museu no Complexo Tecnológico da empresa, em São Carlos, a 250 km da capital paulista, numa fazenda de 450 hectares – onde funcionava antiga fábrica de tratores. Quando o Museu for inaugurado, o público terá idéia do esforço do homem para poder se deslocar com segurança e conforto nas aeronaves. Os grandes heróis, pilotos, construtores, projetistas, mecânicos e inventores nacionais e internacionais terão suas histórias contadas em galeria especial. Em uma área coberta de mais de 20 mil m2, o acervo será apresentado ao público em cenários que retratarão a época em que cada uma das aeronaves voaram. No mesmo espaço, em passarelas, o visitante também saberá como são mantidos os jatos da TAM.

Restauradas e em condições de vôo

Durante dois anos e meio, o Almanaque Brasil de Cultura Popular contou a história de 28 das 49 aeronaves do acervo do Museu Asas de Um Sonho que já estão restauradas e prontas para voar.

Curtiss Robin B

Fleet 2

Rearwin Sportster 9000-L

Aeronca C-3

RWD – 13

F4U – 1 Corsair

Supermarine Spitfire HF IXC

Boeing Stearman A-75 (PT-17) Kaydet

Nord Norécrin

Cessna 140-A

Fairchild PT-19 Cornell

Cessna 305 L-19 Bird-Dog

Cessna 180F

De Havilland Chipmunk

Consolidated Vultee Model 105

Lockheed Constellation L-049

Fairchild F-24W41

Bucker BU-131 Jungmann

American Flea Ship TC-1

Grumman S-2E Tracker

EMB 110-C Bandeirante

Mikoyan MIG-15

Miles Hawk Major M2H

Messerschmitt BF 109

North American T-6

De Havilland DH-104 Dove

Stinson Reliant – SR-10

Demoiselle

Da Redação
Nenhum comentário. Comente!
Compartilhar



Tags: , , , , ,