Vendeu um milhão e meio de Churrasquinhos de Mãe

{dezembro de 2001}

Teixeirinha

Drama pessoal de infância lhe rendeu notoriedade, lançando-o como compositor. Aos nove anos, chegando da escola, Teixeirinha encontra a casa em chamas. Morreu-lhe a mãe. Mais tarde, comporia Coração de Luto. O maior sucesso de sua carreira ganhou apelido: Churrasquinho de Mãe. Lançada em 1961, Coração de Luto rendeu um milhão e meio de discos vendidos, batendo recorde que pertencia a Roberto Carlos.
Foi empresário de si mesmo, teve programas de rádio e televisão; em seus filmes, escreveu enredo e atuou. Lançou canções em Portugal, Espanha, África, França. Coração de Luto, primeiro filme, foi enredo de história em quadrinhos nos Estados Unidos.
No início da década de 1970, Teixeirinha contribuiu para a explosão da música sertaneja, antes discriminada. Gravou 118 discos, que venderam 18 milhões de cópias e lhe deram 13 Discos de Ouro. Morto em 5 de dezembro de 1985, foi homem de origem simples, lavrador, garçom, engraxate, carregador de malas. Justificava sua aceitação:
“Falo a linguagem do povo e exalto o amor materno.”

Ana Miadaira
1 comentário. Comente!
Compartilhar



Tags: , , ,