Com 14 milhões de quilômetros quadrados, área equivalente à soma dos territórios de Brasil, Argentina, Uruguai, Chile, Peru e Bolívia, a Antártica possui 90% da água doce do planeta. Último continente descoberto, seu clima frio, ventos fortes e dificuldade de acesso o tornam quase inabitado pelo homem.
Somente no século 20 é desbravado por marinheiros e cientistas. Em 1959, é assinado o Tratado Antártico, acordo internacional de preservação do continente. Em 1975, o Brasil torna-se membro consultivo. Sete anos depois, cria o Programa Antártico Brasileiro (Proantar) e realiza a primeira expedição. Em 5 de fevereiro de 1984, inaugura base de pesquisa, batizada Estação Antártica Comandante Ferraz, na Ilha George.
Há 19 anos, desenvolve pesquisas em diferentes áreas, dentre elas: Biologia, Oceanografia, Meteorologia e Geologia. Estudos que contribuem para a preservação da vida local, como as baleias-jubarte, e do clima nos países do Hemisfério Sul.